sábado, 8 de janeiro de 2011

Mangaká brasileiro que fez sucesso no Japão:Thiago Furukawa Lucas

A rotina de Thiago Furukawa Lucas, de 24 anos, é tão corrida quanto a dos imigrantes brasileiros que estão nas fábricas japonesas.

Ele trabalha cerca de 12 horas por dia, inclusive nos finais de semana. Mas o jovem não reclama. Está feliz, pois realizou o sonho de ser desenhista profissional de mangá, profissão almejada por muitos japoneses e também estrangeiros.

Escondido sob o pseudônimo de Kamiya Yuu, o brasileiro está no seu segundo trabalho, intitulado Greed Packet Unlimited. A história é publicada mensalmente pela Ascii Media Works, uma das principais editoras do país.

"Ele tem muitos fãs", entrega a editora-chefe Michiko Doi.

O roteiro de Greed Packet Unlimited é bastante curioso. Fala de um mundo em que jovens usam o celular para ter acesso a poderes especiais, mas precisam dar um jeitinho para pagar as bilionárias contas de telefone.Cada magia consome "packets" e vem daí o nome do mangá: algo como "Desejo por packets ilimitados" em tradução livre. é paulista

ele é paulista e conseguiu realizar um imenso sonho almejado por muitos mas dificil de ser alcançado eu admiro pessoas assim.

4 comentários:

  1. Pelo que eu vi a história é muito boa

    ResponderExcluir
  2. eu tambem quero alcançar esse mesmo sonho e me tornar uma mangaká muito famosa . Ja tenho muitos planos de manga mais não tenho caminhos para que me levem para essa profisão , mas quem sabe um dia eu consiga ser reconhecida

    ResponderExcluir
  3. pois ja consegui inventar 12 mangás em um ano , mas pra min ainda e pouco.que coisa nao e ja estoufazendo mangas sem saber se vou consegui entrar em uma editoradaqui para o 3 ano do medio so falta 2 anoseu vou ver se faço cinema grafico para prodizir anime e meus mangas e claro por favor se voce conseguir me encaixar eu agradeço

    ResponderExcluir
  4. Eu vou me espelhar nele pois também tenho esse sonho, assim como rebeca, mas como não sei criar muito bem as histórias so sirvo pra desenhar vou ter que achar um parceito roteirista, mas concerteza vou conseguir...

    ResponderExcluir